Você está navegando em
22 de maio de 2019
Laborclin

Glutol

A melhor solução para avaliar Tolerância à Glicose

O Glutol é uma solução de glicose utilizada na aplicação do Teste de Tolerância à Diabetes (TTG), uma enfermidade que afeta cerca de 422 milhões de adultos no mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). A fórmula do Glutol apresenta uma série de vantagens quando comparada às tradicionais maneiras de se administrar a sobrecarga de glicoseno paciente durante a execução do teste. Uma das principais vantagens do Glutol é a de possuir Vitamina C controlada de forma a não interferir na dosagem. Além disso, a solução é aromatizada e sua versão em pó é solúvel em água gelada.

O Glutol é destinado apenas para diagnóstico in vitro e seu uso é exclusivo para profissionais em análises clínicas.

Como é feito o Teste de Tolerância à Glicose?

A técnica usada para o diagnóstico da diabetes consiste em determinar a glicemia em jejum do paciente. Chegando no local onde o teste será realizado, geralmente pela manhã, o paciente passará pelas seguintes etapas:

– Uma amostra sanguínea será coletada em jejum (jejum prévio de no mínimo 8 a 12 horas).

– Logo após, o paciente receberá uma dose de Glutol que deve ser ingerida. Normalmente, essa solução tem 75 gramas de glicose.


Vídeo-técnica de utilização do Glutol pó, Glicose anidra, aromatizada, sabor limão, para realização do Teste de Tolerância a Glicose para ser pesada e diluída em 250 a 350mL de água fria ou gelada.

– Em seguida, chegou o momento de determinar a glicemia de 30 minutos até 2 horas (recomendação da Nation Indicações e Contraindicações do Glutol – NDDG).

É importante salientar que no teste de tolerância à glicose (TTG), um resultado negativo não garante que o paciente não venha desenvolver a doença futuramente. O teste é indicado apenas como um auxiliar no diagnóstico da diabetes. Para o controle da doença e tratamento recomenda-se outros exames como o de hemoglobina glicosilada.

A diabetes mellitusé uma doença na qual se verifica um aumento crônico da taxa de glicose no sangue, acompanhado por uma série de sintomas como perda de peso, sede intensa, vontade frequente de urinar e sonolência. A idade igual ou superior a 45 anos e o excesso de peso são alguns dos fatores de risco que podem levar o paciente a desenvolver a doença, por isso é importante manter uma alimentação equilibrada e mandar o sedentarismo embora.

No caso da diabetes mellitus gestacional (DMG) a triagem consiste em dosear a glicemia da paciente 1 hora após a ingestão de 50g de Glutol. E o diagnóstico do DMG baseia-se em determinar a glicemia em jejum, administrar uma sobrecarga de 100g Glutol à paciente e dosear a glicemia de hora em hora durante um total de 3 horas.

          
            

Deixe o seu comentário!

              
            
                                                                   
                                                                                                
        
        

        
      
Cadastro de Newsletter
© 2019 - LABORCLIN - CNPJ: 76.619.113/0001-31 - Todos os Direitos Reservados